O manejo consciente é a proposta para a agricultura voltar a olhar o básico

Muitas são as técnicas e tecnologias disponíveis no mercado, mas não podemos deixar de lembrar o que realmente é importante quando falamos de manejo consciente e sustentável

O ciclo produtivo é marcado por cuidado, proteção, investimento de tecnologia, planejamento e produtividade. Mas, atrelado a todo esse processo é preciso voltar o olhar ao básico e bem feito. “Muitas vezes dentro de um sistema é muito comum ações casadas, como a utilização de um produto protetivo para pragas e doenças e em conjunto a inclusão de um fertilizante, por exemplo, para nutrição da planta. Mas, será que é disso que aquele cultivo precisa?”, indaga Thiago Sylvestre, Gerente Trade Marketing da Agrivalle.

O que Thiago traz com este questionamento do pensamento antes da ação. Olhar primeiro para a sua terra, observar de antemão as plantas e então agir. Incluindo a nutrição que ela precisa, somada a um cuidado de regeneração de solo, ao um melhor desenvolvimento do sistema radicular e atrelado ao cuidado e prevenção de pragas e doenças.   

Afinal, falar de manejo consciente e sustentável é falar de equilíbrio e principalmente nessa interação solo/planta. “Quando penso em regeneração de solo e sustentabilidade, pra mim está muito ligado a onde, como e quando eu quero chegar em termos de produtividade. E o produtor que tem esse tipo de visão consegue agregar valor ao seu negócio. Pois o Manejo Consciente é sem desperdício e sempre em busca de melhorar o ambiente do sistema produtivo”, afirma Thiago. 

Outro ponto importante é pensar nas técnicas utilizadas e que enriquecem o sistema, como a rotação de cultura, que, de forma simples, nada mais é que devolver a biota o que foi retirado dela.  Como explica Thiago, as plantas crescem, germinam, usam os nutrientes disponíveis dentro das sementes como recurso para poderem brotar e se desenvolver, até o momento que precisam expandir e passar a absorver do solo também seus nutrientes juntamente com a água. 

Em sistema de troca, ela devolve “ao solo compostos com contêm carbono” e os microorganismos do solo se aproveitam deles como alimento. Quando não há rotação de cultura o que acontece é a falta da biodiversidade em microorganismos na biota. “Quando a planta utiliza muito do solo em sua produtividade e devolve muito pouco, automaticamente ela está piorando ou empobrecendo, não só a fertilidade do solo, mas também, a microbiota que precisa de equilíbrio. Por exemplo, a soja plantada trabalha 24 horas por dia e por esse conjunto de informações, é necessário olhar para outros fatores, que vão muitas vezes além de um calendário pré-estabelecido, para poder tornar o sistema mais sustentável”, orienta. 

A Agrivalle oferece uma linha completa de para cada um dos seus pilares de produtividade: Ativação, Proteção, potencialização e regeneração e ativação nutrição do solo. Por sua característica, o uso de bioinsumos também colabora com o manejo consciente. Apoiando o produtor que busca alta produtividade, para que ele esteja pronto para olhar para todos os fatores em seus cultivos, e promovendo equilíbrio entre todos eles. 

 

 

Sobre a Agrivalle

Agrivalle é uma empresa do segmento de bioinsumos que atua desde 2003 no mercado agrícola. Comprometidos com a agricultura brasileira e com o sucesso dos agricultores, agrega aos seus clientes soluções transformadoras e sustentáveis para uma vida melhor. Na busca constante por inovações que impulsionam a produtividade, sustentabilidade e a regeneração, oferece ao mercado nacional e internacional portfólios robustos de produtos biológicos, fertilizantes especiais, adjuvantes, inoculantes e aditivos para outras finalidades, contribuindo para impulsionar a produtividade de maneira sustentável para as mais variadas situações e demandas do agronegócio. 

 
 

Amanda Pimentel 

Posts Relacionados

Criação de sistemas regenerativos é condição essencial para uma agricultura mais sustentável

Agrivalle apresenta propósito ao mercado e reforça sua contribuição para potencializar novas práticas agrícolas sustentáveis Inspirar a conexão e promover a transição para sistemas regenerativos …

Leia mais →

Congresso Andav 2022

A expectativa por mais uma edição do Congresso Andav já toma conta do mercado. Para a edição 2022, que marca o retorno do evento às …

Leia mais →

O poder da combinação de microrganismos

O impacto positivo do uso de bioinsumos na agricultura é uma realidade no agronegócio brasileiro, que já observa o poder da combinação de microrganismos nos …

Leia mais →