The power of the combination of microorganisms

O impacto positivo do uso de bioinsumos na agricultura é uma realidade no agronegócio brasileiro. De fato, o setor já se beneficia do poder da combinação de microrganismos nos cuidados com a lavoura há tempo o bastante para ter um cálculo seguro das vantagens de tal prática.

Nessa equação, cientistas e produtores de alimentos trilham um ciclo ininterrupto de inovação e conquistas que se apoiam no aprendizado a respeito das relações orgânicas que se desenvolvem na natureza.  

Enquanto os pesquisadores seguem incansáveis no estudo das interações entre as inúmeras formas de vida no solo, a atenção de agricultores se volta para os bons resultados de quem já associa mais de um agente biológico no manejo da plantação – é a isso, afinal, que nos referimos ao falar do poder da combinação de microrganismos.

Operários da agricultura sustentável

Graças às relações que desenvolvem entre si, os microrganismos assumem diferentes funções no solo. Quando compreendemos essa dinâmica e passamos a adotar esses pequenos seres como ferramentas ativas no manejo da lavoura, os benefícios criam um sistema de retroalimentação entre a capacidade produtiva e o meio ambiente.

Nesse sentido, é fácil entender o que coloca a microbiologia do solo entre os temas de maior interesse daqueles que desenvolvem tecnologias para o campo. Enquanto o planeta procura entender a intrincada relação entre a produção de alimentos e as mudanças climáticas, todos os elementos capazes de promover a agricultura sustentável crescem na escala de importância.

No caso da combinação de microrganismos, temos a vantagem de benefícios que podem ser facilmente identificados pelos produtores. Com efeito, o agronegócio já tem dados suficientes para reconhecer e exaltar o potencial de tal prática. Quando introduzimos nossos micro-operários no sistema, reduzimos o potencial de doenças, proporcionamos mais raízes sadias, disponibilizamos mais nutrientes. Dessa forma, as plantas ficam mais preparadas para as adversidades, têm mais chances de expressar todo seu potencial e podem alcançar maior longevidade, além de melhores rendimentos. 

O poder da combinação de microrganismos na prática

O poder da combinação de microrganismos se materializa nos bioinsumos, produtos cuja formulação parte de um olhar sistêmico. Com efeito, encarar uma área de plantio como um sistema – composto por planta e biota do solo – muda o jogo

A Agrivalle segue essa linha de pensamento no desenvolvimento de produtos que reúnem diferentes formas de vida de modo a aproveitar as relações entre elas para cuidar da área de cultivo. 

O bio-nematicida Profix, por exemplo, conta com três organismos em sua fórmula, sendo duas as bactérias (Bacillus subtilis e Bacillus licheniformis) e um fungo (Paecilomyces lilacinus).  Juntos, eles permitem múltiplos modos de ação para o produto, além de versatilidade na hora de aplicá-lo.É assim também com o Shocker, primeiro fungicida microbiológico registrado com três microrganismos na formulação.

Além dos modos de aplicação e de ação versáteis, a composição desses produtos permite que eles sejam eficazes em diferentes fases do patógeno, sempre com menor risco de resistência e alcançando maior amplitude. Eles podem, ainda, se estabelecer em diversos ambientes.

A Agrivalle também inovou na combinação de microrganismos do Twixx-A, que traz uma dupla de bactérias (Bacillus amyloliquefaciens e Bacillus amyloliquefaciens) em sua fórmula, sendo o primeiro fungicida foliar microbiológico com dois microrganismos, entre os registrados no Brasil. A combinação resultou num produto que se destaca no combate à antracnose. Mas não paramos por aí. Nesse momento, os pesquisadores da Agrivalle estão trabalhando em extensões para o tratamento de patologias como ascochyta, cercospora, mancha branca, entre outras.

A caminho do futuro

Apostar na combinação de microrganismos é dar alguns passos em direção à agricultura do futuro, além de representar um avanço nas metas estabelecidas para o meio-ambiente no Brasil. 

Sintonizada com este pensamento, a Agrivalle segue investindo na pesquisa e no desenvolvimento de insumos biológicos que exploram a combinação de microrganismos em prol da produtividade no campo.

Nossa linha de produtos gira em torno de quatro pilares: ativação, proteção, potencialização e revitalização do solo. Com base neles, podemos criar uma composição ideal, combinando os insumos a partir dos microrganismos que contêm e da necessidade da área agrícola a ser tratada.

Posts Relacionados

Agrivalle and Ginkgo Bioworks Enter Multiyear Strategic Partnership to Accelerate Next-Gen Ag Biological Products.

BRAZIL and BOSTON, Mass – Nov. 20, 2023 – Agrivalle, a leading Brazilian agricultural biologicals company, today announced a new partnership with Ginkgo Bioworks (NYSE: …

Leia mais →

Agrivalle Markets 11: October 2022

Outubro de 2022 marca o lançamento do nosso 11° resumo mensal com os fatos de destaque no agronegócio brasileiro e mundial no último mês começa …

Leia mais →

Registration of bioinputs – regulatory framework for bioinputs and adjustments to legislation

Embora o registro de bioinsumos no Brasil seja rápido e eficaz, ainda faz falta uma legislação específica. O termo “bioinsumos” envolve um amplo conjunto de …

Leia mais →